A grande questão coloca-se: comer ou não comer? A verdade é que não há motivos para resistir, nem passar a véspera de Natal a contar calorias

No Natal, a procura do “bem-estar” passa também por quebrar as regras de uma alimentação dita “saudável”. A ocasião é especial e perderia o seu encanto sem as suas tradicionais rabanadas, os sonhos, aletria e o tão desejado bolo-rei!

É complicado controlar a vontade e muito menos o peso e promover uma alimentação mais saudável nesta época do Ano.

Em suma, não é de todo uma época para restrições alimentares.

Não chegue às refeições com uma fome voraz. Tente comer uma peça de fruta ou um iogurte um pouco antes das refeições; vai evitar a sensação de fome e reduzir as proporções quase sem se dar conta.

Muitas pessoas não comem quase nada o dia todo, para chegar à noite e comer tudo o que não comeu durante o dia. Uma forma de “guardar a barriga” para os “doces”. Contudo, isto não resulta! Pois, quando se ingere muita energia de uma única vez, o nosso corpo gasta o que precisa e o resto armazena sob a forma de gordura.

Nesta altura há sempre a tendência de abusar um pouco das bebidas alcoólicas. Pode as beber, mas tenha em atenção a quantidade ingerida. Além de muito calóricas são extremamente más para a saúde, além de que, pode “estragar a festa” de imediato.

Mexa o corpo! Não se esqueça que o exercício também queima calorias. Suba escadas, passeie, utilize menos o carro… E no dia da grande ceia, procure fazer um exercício mais intenso.

Algumas dicas para retomar a sua “alimentação saudável” depois da quadra natalícia.

– Congele as sobras de carnes ou divida o que sobrou com todos os convidados. Se continuar a comer alimentos hipercalóricos não haverá forma de recuperar o peso!

– Beba muita água. Depois de alguns excessos e ingerir tantas “toxinas” o nosso corpo precisa de elimina-las.

– Ingira pequenas quantidades de comida às refeições principais, não esquecendo de fazer pausas para pequenos lanches entre as refeições principais.  

– Retome, reforce ou inicie o exercício físico! Sim, sem dúvida que será uma excelente desculpa para começar a fazer exercício físico. Ano Novo a porta, poderá ser uma resolução.

 

O consumo de Omega 3 também é muito importante. É importante substituir a frutose, vitaminas e aminoácidos que ajudam a neutralizar as toxinas que existem no nosso corpo. O Ómega 3 deve fazer parte dessa alimentação pois ele minimiza os danos e sintomas.

Clique aqui para ver os nossos suplementos 

 

 

Muito Importante:

Tem mesmo de dizer “chega” aos doces e fritos de Natal!

Não é fácil dizer “não” a doces em cima da mesa, contudo com força de vontade e persistência irá conseguir. Após estes dias estar sempre a comer, o nosso corpo irá sempre enviar sinais de fome, ou pelo menos, será essa a nossa desculpa.