© iStock

Já anteriormente aqui falamos sobre a Acupuntura, mas a verdade é que este ramo da medicina tradicional chinês é tão completo e versátil que nunca se irá esgotar assunto.

A Acupuntura é uma terapia milenar e um ramo da medicina tradicional chinesa que consiste na aplicação de agulhas em pontos específicos do corpo para tratar doenças e para promover saúde. Estas agulhas, quando aplicadas sobre algumas regiões específicas, são capazes de tratar diversas doenças físicas ou emocionais como sinusite, asma, enxaqueca ou artrite, por exemplo.

De acordo com a nova terminologia da Organização Mundial de Saúde, este é um método de tratamento complementar que visa a promoção da integridade física, mental e emocional.

Este tratamento, utilizado em várias partes da Ásia durante séculos, tem alcançado nos últimos tempos alguma popularidade no resto do mundo. Enquanto alguns são cépticos, há também muitos outros que dizem que sentem uma acentuada redução na dor ou sintomas da doença.

A vantagem é que as agulhas pequenas através da pele podem atingir órgãos internos e estimular os músculos, sem a necessidade de abrir uma incisão no corpo como acontece com as cirurgias.

Esta técnica permite reforçar o sistema imunológico e para o tratamento de problemas e doenças.

A dor nas costas – mais especificamente a dor lombar – ainda é o principal motivo que leva as pessoas a recorrerem a acupunctura. O que faz sentido, tendo em conta que  estudos e pesquisas afirmam que  70 a 85% da população mundial irá ter pelo menos um episódio de dor nas costas durante a sua vida.

 

O uso da Acupuntura para tratar a dor lombar é bastante documentando na literatura científica, sobretudo para tratar a dor cronica – que é definida como a dor que persiste por mais de três meses. Um estudo publicado recentemente na Archives of Internal Medicine demonstrou que voluntários que receberam o tratamento com agulhas tiveram uma melhora de 15% nos seus sintomas em relação àqueles que somente receberam medicamentos e tratamento com quiropraxia.

 

Foto: © iStock